Tags

,

Oi, como estão? Vic é uma garotinha especial que depois de ter ganhado uma bicicleta no aniversário, descobriu que com ela poderia entrar em uma ponte perto de um bosque em sua casa e sair em qualquer lugar que desejasse para encontrar coisas perdidas. Charles Manx também tem um dom especial, seu carro permite que ele leve crianças por estradas ocultas e perversas da sua imaginação transformando seus passageiros em criaturas tão aterrorizantes quando o motorista, antes de chegarem à Terra do Natal. Quando adolescente Vic briga com a mãe e sai atrás de encrenca, ela acaba encontrando Charles e ela é a única criança que conseguiu escapar com vida. Agora adulta, ela quer desesperadamente esquecer o que aconteceu, mas Charlie só vai descasar depois de conseguir se vingar.

119875605_1GG

A primeira coisa que me impressionou no livro foi a quantidade de páginas, mais precisamente, 624 páginas. Nosferatu é o terceiro livro escrito por Joe Hill e o primeiro que leio do autor. A história é bem contada, mas em alguns momentos, fiquei com a sensação de estar lendo uma tentativa de cópia do King. Narrado em terceira pessoa sob o ponto de vista de diversos personagens, o livro é repleto de ação e reviravoltas, mas não se engane para mim o ritmo não foi tão lento, mas não se deve basear-se nas minhas perspectivas, o que para outro leitor, o ritmo de leitura possa ser lento com evolução gradual e vários ápices.

O que fez com que eu sentisse a presença muito forte do Stephen King durante a leitura foi uma incógnita algo como um “pequeno spoiler”, uma das características dos livros do King. No caso, Joe Hill escreve mais menos assim: “Maria comeu um pedaço de maçã sem saber que seria sua última refeição”, o que se subentende que a personagem vai morrer antes mesmo que aconteça. Esse método acaba funcionando para aumentar a curiosidade do leitor sem estragar as surpresas do enredo geral.

Outra característica que está presente é o excesso de descrição e o detalhamento de cada personagem. Por esse motivo a leitura fica um pouco pesada, pela quantidade de informações, que nem sempre são relevantes para o enredo principal.

Recomendo principalmente para quem gosta de uma boa história de suspense/terror, com personagens bem desenvolvidos e muitas referências na narrativa.

4 ESTRELAS

NICK NERDBOOKS 2

Anúncios