Tags

, , , , , , , , , , , ,

Sinopse: 

Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de Pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

Título: Caixa de Pássaros
Título original: Bird Box
Autor: Josh Malerman
Ano: 2015
Páginas
: 272
Editora: Editora Intrínseca

Skoob/Goodreads

Resenha:

Tudo começa quando notícias são espalhadas através das redes sociais e se transforma em um daqueles virais mundiais, pessoas cometendo suicídios violentos, um homem arranca os lábios e o nariz do rosto de um rapaz ao qual deu carona com as próprias mãos e logo após se mata com uma serra de carroceria. Uma mãe enterra seus filhos ainda vivos e depois se corta com pedaços de vidro de um prato quebrado e assim sangra até a morte. Obviamente, notícias assim passaram de meramente curiosas para assombrosas. Ninguém sabia como chamar essa onde de mortes que rapidamente se alastrou por todo o mundo.

O livro abusa do horror psicológico para provocar calafrios no leitor. De todos os medos que perturbam a alma humana, o medo do desconhecido é o mais forte, no escuro tudo se transforma em monstros e cada som adquire uma qualidade fantasmagórica. Josh Malerman foi levemente influenciado por Stephen King, mestre em insinuar criaturas nas sombras da escuridão.

A narrativa é completamente claustrofóbica, a maneira com que penetra na mente do leitor sorrateiramente. As cenas são tão cheias de tensão que se tornam prazerosas, inquietantes e horríveis de se ler. Há um clima melancólico que acompanha a trama.

A história segue duas extremidades, a primeira acompanha os dias atuais da escapatória da nossa protagonista, Malorie, e seus dois filhos em busca de abrigo em um mundo escuro e desolado, a segunda narra os últimos anos da sua vida normal, assim como os acontecimento que a levaram até sua fuga atual. Josh Malerman, mantém uma escrita bastante atual e direta, sem palavras desnecessárias consegue fazer da leitura algo fluido e dar personalidade aos personagens sem perder a narrativa. É um livro para ser devorado. 

– Ela se enforcou! Ela se enforcou pelo próprio cordão umbilical! pág. 244

BOM!

BOM!

Comentem! Sigam! Curtam!

Anúncios