Tags

, , , , , , , , , , , , , ,

a-lista_capa4_1.jpg.1000x1353_q85_crop

Sinopse: Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.
Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.
Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.

Título: A Lista
Título original: One Hundred Names
Autor: Cecelia Ahern
Ano: 2015
Páginas
: 384
Editora: Novo Conceito

Skoob | Goodreads

Resenha:

O primeiro livro que li da Cecelia Ahern foi Simplesmente Acontece e eu me apaixonei pela história e pelos personagens, além da forma ao qual a história é contada através de emails, cartas, bilhetes.

Quando vi que a NC iria lançar mais um livro da Cecelia e que se chamaria A Lista, fiquei extremamente curioso, logo ao ler sua sinopse vi a diferença entre as obras, pois Simplesmente Acontece foca mais no romance, enquanto A Lista narra a história de uma jornalista que cometeu erros durante sua jornada e tenta limpar a sua reputação.

Kitty nossa personagem principal, trabalhava numa revista ao qual escrevia histórias… Recebe uma proposta para trabalhar num programa televisivo, Thirty Minutes, porém acaba cometendo um erro ao qual estragou sua reputação profissional. No programa ela afirma que um professor de educação física estava abusando de uma garota, diante da acusação foi comprovado que a Kitty estava errada.

O livro vai abordar a superação da personagem, tudo que ela fez para ter sua vida de volta. Se você costuma ler Nicholas Sparks, Nora Roberts, com certeza A Lista é pra você.

Temas como família, amigos e namoros não vão faltar, já que a autora faz aquele estilo de livro que você lê em casa, ou no ônibus rumo ao trabalho, aquelas histórias mais calmas onde você passa a refletir mais no seu cotidiano ao invés daqueles livros que acontece tantas coisas ao mesmo tempo que você acaba ficando mais ansioso do que calmo.

⇒ Leia também: Resenha: Simplesmente Acontece – Cecelia Ahern 

BOM!

BOM!

» CURTIU? DEIXA SEU COMENTÁRIO E NÃO ESQUEÇA DE NOS SEGUIR PARA ACOMPANHAR AS NOVIDADES SOBRE LITERATURA, SÉRIES E FILMES! « 

   

Anúncios