Tags

, , ,

E aíiiiiii, gente que me ama!! Tudo bem com vocês?

Serei breve, pois não estou me aguentando de tanta ansiedade. Fechei mais uma parceria, dessa vez, minha parceira é sedutora, sexy e poderosa! A Libertina, vai enlouquecer vocês e ela estará presente aqui no blog por pelo menos uma vez no mês, contando suas experiências e fantasias, sem pudor ou tabus. Espero que gostem dela ou melhor, espero que se divirtam!! 

tumblr_static_4zojzd2p36kgk4csgkokgsg8c_2048_v2

Era nosso aniversário de namoro. Voltávamos para casa depois de uma briga por um motivo bobo. Confesso, eu estava errada. Mas meu orgulho besta não permitia um pedido de desculpas e eu não queria terminar nossa noite daquele jeito. Ele permanecia com seu olhar compenetrado enquanto dirigia. Isso me deixava extremamente excitada. Aquelas mãos nem tão grandes nem tão pequenas, másculas com veias que saltavam, transcorriam sobre o volante de um jeito impaciente, que eu adorava. Eu estava usando um vestido exatamente do jeito que ele gostava… mais cedo, quando me pegou em casa disse que eu estava especialmente linda, e sexy… me abraçou e desceu suas mãos até minha bunda apalpando-a até descobrir que minha calcinha era fio dental. Agora no carro, tirei a tal calcinha e joguei sobre seu colo. Estava cheia de tesão, mas a ansiedade por sua reação era maior. Ele continuou com seu olhar compenetrado até que um sorriso no canto da boca me fez aliviada. Continuamos em silêncio até chegar à garagem do prédio. Ele desceu primeiro com a calcinha nas mãos. Enquanto eu fechava a porta, me encostou por trás, levantou meu cabelo deixando minha nuca nua e sussurrou ao meu ouvido: “você quer que eu te desculpe?” Neste momento eu já estava completamente mole, e o “quero” saiu a parcelas. Depois de percorrer sua barba por todo meu pescoço, me levou para as escadas e foi ali mesmo que ele me desculpou. Me beijou com fúria, com desejo, com ardor. Desceu as calças e vi aquela cena linda do pau saltando como se estivesse procurando por algo, e estava. Esfregou aquele pau por toda minha buceta, deixando-o todo lambuzado. Olhou pra mim e deu um sorriso malicioso, daqueles em que não é preciso dizer mais nada. Realmente não precisava, porque o que eu mais queria era ser penetrada, com intensidade. E foi o que ele fez após me dar um delicioso tapa na bunda, levantou uma de minhas pernas que ficou presa a seu corpo e me penetrou… gostoso.

Continua…

Anúncios