Testes

Testes: Quem Você Seria em Cidades de Papel?

faking-it

1 – Você está perdido e não consegue achar a rua que precisa. O que você faz para resolver a situação?

A – Pergunto para as pessoas que estão por perto. Alguém deve saber!
B – Insisto até descobrir o caminho sozinho.
C – Procuro na internet, pelo celular.

2 – Você tem vergonha de falar com pessoas que não conhece?

A – Pelo contrário. Gosto de fazer isso!
B – Tenho demais! Quero enfiar minha cabeça num buraco sempre que preciso abordar desconhecidos.
C – Tenho, mas posso falar se for necessário.

3 – Qual gênero de filme mais te agrada?

A – Suspense é meu preferido!
B – Gosto bastante de documentários.
C – Prefiro filmes agitados, de ação ou aventura.

4 – Você se vira bem fazendo coisas sozinho, como almoçar numa padaria ou ir ao cinema?

A – Claro! Muitas vezes eu até prefiro.
B – Não. Gosto mais de ter companhia.
C – Ah, de vez em quando acho que não tem problema fazer essas coisas sozinho.

5 – Um amigo(a) levou um fora da namorada(o) e quer se vingar dela(e). Para isso, pediu sua ajuda. E agora?

A – É óbvio que ajudo, não precisa nem pedir duas vezes.
B – Ai, ajudo, mas só pela amizade mesmo. Não que eu goste da ideia.
C – Depende muito do que a gente for fazer…

6 – Você tem vontade de fazer intercâmbio?

A – Demais! É meu sonho.
B – Nunca tive. Gosto de ter meus amigos e família sempre por perto.
C – Sim, mas acho que não aguentaria muito tempo longe.

RESPOSTAS ⇒

Continue lendo “Testes: Quem Você Seria em Cidades de Papel?”

4 Estrelas, Editora Intrínseca, Resenhas

Resenha/Crítica: Cidades de Papel – John Green (#MLI2015)

paper-towns

Sinopse: Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.

Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

Título: Cidades de Papel
Título original: Paper Towns
Autor: John Green
Ano: 2008
Páginas
: 368

Editora: Intrínseca

Skoob | Goodreads

Resenha:

Eu já deveria ter feito a resenha desse livro, mas preferi esperar o filme ser lançado para fazer uma comparação. Hoje, fui ao cinema com alguns amigos e assisti Cidades de Papel…

Continue lendo “Resenha/Crítica: Cidades de Papel – John Green (#MLI2015)”

Adaptações, Editora Intrínseca, John Green

Saiuuu! Todo mundo tem seu milagre!

Oi, como estão?

Primeiro trailer da adaptação do livro “Cidade de papel, autor de A Culpa é das Estrelas.”

O filme de aventura e romance é a mais recente adaptação para os cinemas.

O filme é estrelado por Nat Wolff, que viveu Isaac em A Culpa é das Estrelas, e pela modelo e atriz britânica Cara Delevingne. Wolff interpreta Quentin, um adolescente que desde a infância é apaixonado por sua vizinha e colega de escola Margo (“a criatura mais indiscutivelmente linda que Deus já havia criado”, nas palavras do personagem). Depois de passar desapercebido aos olhos de sua musa durante o ensino médio, Quentin recebe uma visita noturna da garota, que o convida a ajudá-la numa divertida missão de vingança que dura toda uma noite. Depois disso, Margot some do mapa, mas deixa algumas pistas de seu paradeiro para trás, o que motiva uma Quentin e seus amigos a embarcar numa jornada para encontrá-la.

“Cidades de Papel é diferente de A Culpa é das Estrelas de todas as maneiras possíveis. Hollywood está muito acostumada com franquias, mas esta não é uma série, é uma história não relacionada que tem beleza, diversão e um grande coração”, disse o autor John Green em entrevista ao site USA Today.

Com direção de Jake Schreier, Cidades de Papel estreia nos cinemas brasileiros no dia 16 de julho de 2015.

assinatura wemerson