4 Estrelas, Editora Geração, Resenhas

Resenha: Centelha – (Livro 2) – Amy Kathleen Ryan

Oi, como estão?

Sinopse:

CAPA-CentelhaDepois de Brilho, a saga nas estrelas continua… Após uma fuga desesperada da nave inimiga, Waverly e as outras meninas sequestradas conseguiram voltar para a Empyrean. Mas o clima por ali não poderia estar pior. Kieran, o menino gentil e sonhador que Waverly amava, assumiu o posto de capitão e passou a agir como um tirano de sangue-frio, deixando a Empyrean sob uma tensão sinistra. Seth Ardvale, líder brilhante e arqui-inimigo de Kieran, foi trancafiado na prisão, sem julgamento. As crianças prodígios que mantêm a nave funcionando estão revoltadas com o autoritarismo do líder. Para completar, uma explosão faz soar o alarme de mais uma ameaça. Eles não estão sozinhos. A tripulação aterrorizada terá que lidar com um inimigo pior do que a New Horizon, ou o delírio de Kieran. Seth descobre um passageiro clandestino na nave, que se move silenciosamente, deixando rastros de sangue por onde passa. O criminoso quer vingança. E só Waverly é a chave para entender seu ódio e impedir que ele detone sua bomba-relógio.

Título: Centelha (Em Busca de um Novo Mundo)
Título original: Spark
Autor: Amy Kathleen Ryan
Ano: 2014
Páginas
: 376

Editora: Geração Jovem

PODE CONTER SPOILER DO LIVRO 1

Resenha:

Em centelha assim com em outros livros que são continuação, possui uma característica que gosto bastante, que é não ficar retornando passagens e situações, pelo contrário, começa no exato ponto em que ‘Brilho’ terminou. É muito chato, pelo menos para mim, quando as continuações ficam retomando fatos que já aconteceram no livro anterior.

– É incrível como as pessoas se safam quando são poderosas.

Continue lendo “Resenha: Centelha – (Livro 2) – Amy Kathleen Ryan”

4 Estrelas, Editora Novo Conceito, Resenhas

Resenha: Starters e Enders – Lissa Price

Oi, como estão? Esta resenha é bem diferente das que já fiz, afinal, são duas numa única postagem… Acabei de ler Enders, demorei um pouco por que não queria terminar tão rápido, pois gostei muito dessa distopia, escrita pela Lissa Price. Onde, durante uma guerra, foi lançado um “vírus”, que só quem podiam tomar o antídoto contra esse “vírus” eram as crianças e os idosos, então… Só eles conseguiram sobreviver. Daí, a sociedade vive num desiquilíbrio, em que jovens para sobreviver, recorrem à maneiras de certa forma ilegal. E também faz apelo a ditadura da beleza. 

#STARTERS

starters capa

Callie, seu irmão mais novo, Tyler e Michael, amigo de infância, são sobreviventes. Conseguiram viver depois da Guerra dos Esporos, onde todos os adultos entre 20 e 60 anos morreram. Com isso, a sociedade se dividiu entre idosos (enders) querendo ser jovens novamente, a estimativa em média de vida estendeu para 200 anos, e adolescentes (starters), grande maioria órfãos e pobres caçados pelas autoridades, vivendo escondidos em busca de continuar vivos. A minoria desses adolescentes eram netos de idosos com mais de 60 anos e tinham uma vida totalmente contrária aos starters.

Continue lendo “Resenha: Starters e Enders – Lissa Price”

4 Estrelas, Editora Rocco, Marie Lu

Resenha: Legend – A Verdade se Tornará Lenda – Marie Lu

Oi! Como estão? “Legend” é o primeiro livro da série distópica há muito tempo aguardada pelos fãs. Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C, na atual República da América. Conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda.

legend-1

A história é narrada em um tempo futurístico na cidade de Los Angeles, onde milhares de pessoas morrem todos os anos e os que conseguem sobreviver recebem auxilio do governo, essas mortes são causadas por uma praga que se instalou na cidade. E como não podia ser diferente, além da praga o governo vive em constantes conflitos com as revoltas dos Patriotas e das Colônias. Outra coisa que venho observando nas distopias atualmente é uma seleção onde são divididas as “classes sociais”, em Legend uma criança ao completar 10 anos é obrigada a fazer uma prova que designará seu futuro de acordo com suas notas. Muitos não conseguem passar nessa prova e acabam vivendo nas ruas, como o Day um garoto de apenas 15 anos que faz o possível para proteger sua família do governo, o livro também é narrado por June, uma garota prodígio, que passou na prova com nota máxima, ambos irrelevantes quanto os sentimentos um do outro, por isso não caem no romance clichê. O que vocês vão encontrar no livro da Marie Lu, Legend, é um cenário muito bem construído, sob uma imagem apocalíptica, com um pouco de romance (bem pouco) e cenas de lutas brutais de tirar o fôlego.

Continue lendo “Resenha: Legend – A Verdade se Tornará Lenda – Marie Lu”