Desejos Literários

Desejos Literários #2: Livros Importados!

faking-it

Olá meus nerd’s!

Como estão? Hoje, trouxe pra vocês uma lista com alguns livros importados que ainda farão parte da minha estante, todos em hardcover. ❤ 

Todo leitor sabe que, os livros originais publicados no exterior são impecáveis, tipo tudo é lindo e a maioria em capa dura. Livro em capa dura aqui no Brasil é quase raridade, uma das poucas editoras que publicam é a DarkSide e mesmo assim são edições especiais.

Mas, não é só por ser hardcover! São os livros originais, capa, diagramação, escrita. LINDOS! MARAVILHOSOS! ÚNICOS!

Na minha lista vocês vão encontra de tudo, pois sou eclético quando se trata de literatura, apesar de ter meus gêneros preferidos como distopia, terror, suspense, ficção-científica e romance.

Preparados? Vamos lá!

do meu autor divo, Stephen King.

estou louco por esses!

Eu li o e-book, mas quero o livro físico. Ah! também quero os outros. 😛

tem resenha aqui no blog! eu li a versão publicada pela editora seguinte.

quem é você, alasca? 

eu, você e a garota que vai morrer. Ainda não li, mas pretendo!

Claro que esses são apenas alguns dos livros importados que quero. Minha lista é muito extensa para um publicação. kkkkkkkkkkkk 

E você, tem algum livro específico que é CRAZY para comprar? Deixa aí nos comentários.

Editora Illuminare

Editora Illuminare Convida…

faking-it

Olá meus nerds!

Vamos marcar para sempre o Natal de 2015?

Escreva seu conto e/ou poesia sobre o Natal: uma esperança, um amor, uma lembrança de um Natal passado, ou mesmo uma revolta, uma saudade. Expresse-se seu sentimento natalino em prosa e verso.

Não gosta do Natal? Isso também é um sentimento relativo ao natal. EXPRESSE-SE, deixe eternizado esse sentimento: diga ao mundo o que significa o Natal para você! 

A Editora Illuminare, estará lançando um livro internacional – vão receber todos os textos em português e traduzi-los para o espanhol – assim o livro terá muito mais alcance pois estarão divulgando-o também em Buenos Aires e em Santiago do Chile em feiras literárias.

PARTICIPE! DESPERTE SEU TALENTO LITERÁRIO!

Natal em Prosa e Verso – Edição Internacional
Informações: antologiasbrasileiras2014@gmail.com
SELEÇÃO: 30 DE SETEMBRO A 30 DE OUTUBRO
Edital: http://www.editorailluminare.com.br/proximasantologias.html
Obedeceremos ao prazo de seleção para podermos estar com os livros em mãos no dia do Natal, um ótimo presente a amigos e parentes…
Antologias Brasileiras: destacando novos talentos da literatura brasileira.

Editora Illuminare: destacando novos talentos da literatura.
Tag's

Book TAG: Senhora! Senhora!

faking-it

Olá meus nerd!

Caramba! Estava no Facebook quando me deparo com essa TAG literária criada pela Carolina do blog A Colecionadora de Histórias. Mas eu já ri tanto com isso… Você sabem que recentemente viralizou um vídeo de uma repórter que pergunta a uma senhora algo e ela sai correndo dizendo dizendo não… Pronto, a Carolina teve a brilhante ideia e criou a TAG devido memes e comentários, criativa essa garota.

Então, eu resolvi respondê-la, pois amei a ideia! 

Regras:

– Responda todas as perguntas;

– Marque seus blogs amigos;

– Dê os créditos de criação da TAG.

Perguntas:

(A reportagem começa, com a jornalista narrando:) “A servidora repetiu o ritual nos 3 dias, e a nossa equipe a acompanhou indo e voltando da assembléia.
Ela sai às 6:30 da manhã, bate o ponto, sai pela porta da frente […] No último dia, depois de bater o ponto, […] ela resolve caminhar no bosque ao lado. Passa quase 2 horas sentada.”

1. Desafio! Encontre um livro com uma jornalista na história e deixe a sinopse. 

Sinopse: Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.

2. Sorria, você está sendo filmado! O livro que você está lendo no momento.

Ainda estou no começo, mas o livro promete! Eu espero… U.U

3. Utilidade pública! Uma trilogia/série/saga que deveria ser de conhecimento geral.

91eHwAhwsnL._SL1500_

O livro é muito bom e interessante, tem resenha aqui aqui no blog!

4. Ritual sagrado! Cite um livro que você releu, e por quê.

Na verdade eu reli a trilogia, pois fazia um certo tempo que tinha lido a primeira vez.

5. Batendo o ponto! Um livro que você leu por obrigação, ou somente porque “estava na moda”.

Eu li por obrigação, por causa da parceria com a Editora. Não costumo ler por o livro está na moda, pra falar a verdade eu corro desses livros.

6. Enrolando no bosque! Um livro que você demorou muuuito pra terminar.

Pense num livro uó de chato! Aff, um horror…

“A nossa equipe tentou conversar com a servidora: […] – E a senhora vem sempre aqui na assembleia legislativa? – Não. Hoje falaram pra mim sobre a homenagem, gosto muito do México e vim”

7. Pega na mentira! Cite uma personagem “cara de pau”.

Ixiii! Pense numa personagem que não me desce, Margo, não gosto dela, não adianta, nojenta! 😛

8. Cite um autor não tão conhecido que deveria ser homenageado.

A R. J. Palacio ❤ Quem leu Extraordinário, sabe do por quê dela merecer uma homenagem. Me fez chorar, já merece uma homenagem! HAHAHAHA 😥

“- E a profissão da senhora? – Secretária. […] – A senhora agora tá desempregada? – Tô desempregada, porque eu tinha emprego e agora parei de trabalhar.”

9. Profissão: Leitor! Um livro que você abandonou ou que te decepcionou totalmente.

Eu não o abandonei, mas por outro lado eu esperava mais desse livro, devido a premissa que possui. O livro é bom, mas não superou minhas expectativas.

10. Redundância. Um livro que você considera “mais do mesmo”.

É só mais um livro, na verdade é uma série com 6 livros, mas é a mesma história de sempre, garota bruxa que se apaixona pelo “boy” que todo mundo quer.

“- E por que que a senhora vem na assembleia? […] Nós já vimos a senhora vindo aqui duas vezes, e a terceira vez essa semana; a senhora passa na assembleia, bate o ponto e sai.
– Não! Eu nunca fiz isso! (a senhora começa a correr)
(E a jornalista corre atrás dela) – A senhora fez, nós temos gravado! – Senhora? Senhora? Senhora?”

11. Ninguém pode saber! Um livro da estante que você esconderia de tão precioso!

Está na minha lista de desejos! Sem mais.

12. Eu nunca fiz isso! Um livro que você tem vergonha de ter lido.

(Sem resposta!)

13. Cooorre! Um livro/autor que você não leria de jeito nenhum.

Nora Roberts – Não é que eu não leria de jeito nenhum, mas eu não tenho interesse em ler.

14. Atrás dela! Cite uma personagem determinada.

Essa foi difícil! Mas, eu como um bom tributo, não podia deixar passar, a Katniss Everdeen é um exemplo de determinação e coragem. ❤ ❤

15. Um autor que você perseguiria até não aguentar mais! (ou seja, leria até a lista de compras)

O meu, o seu, o nosso bom e velho Stephen King! Rei do terror. Samba muito!

Eu vou indicar os blogs:

Corujas de Biblioteca

Forno Literário

Blog Querido Jhon!

Reino das Palavras

Only Secret Dreams

Meu diário de leitura

Livros de Calla

Eurico Gomes

4 Estrelas, Editora Novo Conceito, Resenhas

Resenha: Zac & Mia – A. J. Betts

Zac e Mia CAPA.indd

Sinopse:

A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia – bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso.

No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela.

Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente.

Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro?

Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias.

Título: Zac & Mia 
Título original: Zac & Mia
Autor: A. J. Betts
Ano: 2015
Páginas
: 285

Editora: Novo Conceito

Livro cedido através da parceria com a editora

Skoob | Goodreads | Submarino

Resenha:

Zac & Mia, é um livro para os apaixonados por romance, mas tipo, romance mesmo! Não vi nenhum drama relacionando a paixão entre eles, mas sim o que os personagem compartilham, o cancêr.

O livro é narrado sob o ponto de vista dos dois personagens, onde primeiramente acompanhamos e conhecemos Zac. Um garoto de 17 anos, apaixonado pela sua família e “conformado” pela enfermidade que possui. Vi muita coragem nesse personagem, embora mostrar-se fraco. Zac é muito cativante e engraçado.

Mia, digamos, seja aquele tipo de pessoa que só dá valor as coisas, depois que perde. Acompanhamos a sua evolução e aceitação quanto a doença e relação com sua mãe e amigos. Mia, é mais do que aparenta ser, ela é confiante e persistente.

"O tempo prega peças. Pode brincar com você. 
Quando você menos espera, o tempo pode dar uma 
volta em si mesmo, como um imenso elástico."

Não é a toa que o livro já foi vendido para mais de 10 países e ganhou os Prêmios NSW Premier’s Award (Ethel Turner Prize) 2014, SCBWI Crystal Kite Award 2014, Text Prize 2012. Ficou entre os finalistas do Queensland Literary Award 2014; Dioraphte Literatour Prize na Holanda e WAYBRA Award 2015.

A. J. Betts, tem uma escrita simples, os capítulos voam e você nem se dá conta. A leitura é rápida e te rende bastantes risadas e conhecimento. Outra coisa, a autora se preocupou muito com as informações que colocou no livro.

Zac & Mia, é indicado para os fãs do John Green!

BOM!
BOM!
4 Estrelas, Editora Novo Conceito, Resenhas

Resenha: Prometo Falhar – Pedro Chagas

prometo-falhar_capa_1

Sinopse:

Prometo Falhar é um livro que fala de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. Em crônicas desconcertantes, Pedro convida o leitor a revisitar suas próprias impressões sobre os relacionamentos humanos. A linguagem fluida, livre, sem amarras, faz querer ler tudo de uma vez e depois ligar para o autor para terminar a conversa . Medo, frustração, inveja, ciúme e todos os sentimentos que nos ensinaram a sufocar são expostos sem pudores. Mergulhe de cabeça numa obra que mostra que é possível sair ileso de tudo, menos do amor. Você escolhe a ordem em que vai ler as crônicas do jovem escritor que tem 21 obras publicadas e é sucesso de vendas em Portugal.

Título: Prometo Falhar 
Título original: –
Autor: Pedro Chagas Freitas 
Ano: 2015
Páginas
: 400

Editora: Novo Conceito

Livro cedido através da parceria com a editora

Skoob | Goodreads | Submarino

Resenha:

Em Prometo Falhar, a leitura não tem ordem e nenhuma história é definida, apenas palavras soltas. Pedro Chagas, descreve com sua própria visão crítica algumas situações de fatos como se estivesse estabelecendo um diálogo. Prometo Falhar, é uma obra mais poética e lírica.

“Prometi nunca gostar de alguém como gosto de você e nem assim me sinto incoerente, ou talvez sinta e a coisa mais bela do mundo seja a incoerência, fazer agora o que não seria capaz de fazer antes, toda a razão está sobrevalorizada, pois se o que nos faz feliz raramente tem qualquer motivo por que haveríamos de colocar a razão acima de tudo?”

É um livro para inspirar. É como aqueles que compramos para abrir em uma página aleatória e ler uma mensagem diária.

“O amor acontece, quando desistimos de ser perfeitos.”

Eu criei muita expectativa devido a enorme divulgação criada pela Editora Novo Conceito, no entanto o livro não chamou tanto a minha atenção. Não estou dizendo que é ruim, mas não é o tipo de livro que chamo de favorito. Não faz muito o meu gênero, mas para os fãs do estilo é uma ótima pedida.

BOM!
BOM!
5 Estrelas, Editora Novo Conceito, Resenhas

Resenha: Eu te Darei o Sol – Jandy Nelson

eu-te-darei-o-sol_capa_1

Sinopse:

Eu te darei o sol – Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.

Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.

Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.

Título: Eu te Darei o Sol 
Título original: I’ll Give you the Sun
Autor: Jandy Nelson
Ano: 2015
Páginas
: 384

Editora: Novo Conceito

Livro cedido através da parceria com a editora

Skoob | Goodreads

Resenha:

Eu te Darei o Sol é aquele livro que te conquista pela capa.

O livro é narrado pelo ponto de vista dos gêmeos Noah e Jude em tempos e formas diferentes.

Noah, aos 13 anos, expõe seus sentimentos através de desenhos muito bem elaborados. Desde muito novo já demonstra ser um grande artista e sua mente é uma confusão de traços e cores. Seus desenhos fazem com que sua mãe sinta muito orgulho e geram inveja na irmã. Se descobrindo, Noah não possui amigos e acaba vivendo para a arte e para o sonho de fazer parte de uma famosa escola de artes. Mas, com a chegada do novo vizinho, começa a descobrir como é estar apaixonado.

Jude por sua vez, aos 16 anos, é popular, surfa e tem uma “turma” que a idolatra, conhecemos também uma menina cheia de mágoas e arrependimentos. Após a morte de sua avó, a pessoa que mais a amava, deixa para sua neta um livro de superstições. Ela não tem o talento para o desenho como o irmão, pelo contrário, ela faz esculturas, mas não acredita do que é capaz de fazer. É insegura.

Chega um ponto em que percebemos que a disputa por atenção dos irmãos machucam não só eles, mas todos que os rodeiam. Porém, quando um grave acidente acontece, abalando as estruturas da família, é que acontece um maior declínio na vida dos irmãos. E a dor que deveria uni-los, acaba separando-os ainda mais.

Em meio a toda a tragédia, Jude e Noah não perderam somente um ente querido, mas o encanto pela vida e pela arte. Tornaram-se pessoas vazias e solitárias. 

O livro aborda um assunto pouco discutido, a família. Jandy Nelson com sua simplicidade nos ensina a construir nossos sonhos, onde é necessário de cuidado para chegarmos à algo satisfatório. Eu te Darei o Sol, nos faz compreender que a vida é muito curta para perdemos tempo com os outros, com opiniões vazias.

Amei o livro, estava muito ansioso para lê-lo. E, já fiquei sabendo que a Warner Bros adquiriu os direitos da adaptação cinematográfica… ❤

Assista ao book trailer:

MUITO BOM!
MUITO BOM!
4 Estrelas, Editora DarkSide, Resenhas

Resenha: O Jogo – Trilogia: The Game – Anders de la Motte

91eHwAhwsnL._SL1500_

Sinopse:

Você quer jogar?

É só um jogo. Isso é o que pensa Henrik “HP” Peterson, protagonista da Trilogia The Game, ao aceitar um convite anônimo, via celular, para participar de missões inusitadas pelas ruas de Estocolmo (Suécia). Mas a cada tarefa cumprida, e devidamente compartilhada na rede, ele tem a sensação de que a brincadeira está ficando séria demais. Será paranoia?

Ou será que HP está realmente caindo numa poderosa rede de intrigas, com conexões que poderiam chegar aos responsáveis pelo assassinato do primeiro ministro sueco em 1986 ou até mesmo aos ataques do 11 de setembro?

Quem afinal está por trás desse JOGO?

Você tem coragem de investigar?

Título: Trilogia: The Game Vol. 1 
Título original: Game: A Thriller (Game Trilogy)
Autor: Anders de la Motte
Ano: 2015
Páginas
: 272
Editora: DarkSide

Skoob | Goodreads

Resenha:

O Jogo, é um romance que mexe com sua cabeça e te deixa ansioso ao ponto de devorá-lo em instantes.

A história começa na Suécia com o nosso herói, Henrik Petterson ou como mais conhecido, HP, quando acha um telefone celular misteriosamente num metrô. Na tela do celular, há um convite para jogar um jogo, onde HP teria que roubar algo de uma passageira. Além de ser recompensado com dinheiro a tarefa cumprida também lhe dá pontos e fãs anônimos. Porém, as tarefas começam a ficar difíceis…

O livro traz questões das quais nos fazem pensar o quanto o ser humano é capaz de fazer para “crescer” financeiramente.

HP é um protagonista interessante, me vi muitas vezes torcendo por ele. Desempregado, acaba realizando alguns furtos e usando drogas. Primeiramente, não é fácil aceitar seus pensamentos e narração. Às vezes soava como um pouco imaturo, mas nem por isso deixou de ser engraçado e diferente.

Anders de la Motte mostra em HP como as pessoas possuem um ego frágil, a necessidade da aprovação e adoração. Anders também se mostra um dominador quando o assunto é tecnologia. 

Outra personagem que chamou minha atenção é Rebecca, membro da polícia sueca. Ela é um guarda-costas que protege o alto escalão político e vemos o quanto luta em predominância masculina. Rebecca e seu passado obscuro me deixou muito intrigado.

**Não posso contar muito sobre ela senão irei dar spoiler.**

O Jogo é mais que um romance, é um Thriller. O ritmo do livro é intenso e intrigante. A DarkSide como sempre nos deixa boquiabertos e mal espero para o segundo e terceiro livro. Nem preciso falar da diagramação, né? Impecável! ❤

E você, quer jogar?

BOM!
BOM!