Cassandra Clare, Editora Galera, Editora Galera Record

Quem é vivo sempre aparece!

topo

E aí, saudade de vocês! Finalmente estou de férias do trabalho e agora sim, terei tempo de publicar todas as resenhas que estão pendentes dos meus parceiros. Então, vem muita coisa nova pela frente… falando em coisa nova, eu junto com três amigos decidimos criar um blog para espalhar para o mundo (tem que pensar grande), nossa “opinião gay” sobre as coisas que vem acontecendo na mídia. Depois poderiam fazer uma visitinha e seguir, obrigado. Ah, sim! O nome e o link do blog: Close Certo.

Para voltar ao meu posto de blogueiro literário, vou falar sobre alguns livros que recebi nesses meses e que estou completamente apaixonado. ❤

E, para começar apresento a vocês o mais novo livro da Cassandra Clare, Dama da Meia-Noite, com capa holográfica e um capítulo extra.

12801412_1225665160794729_5867993215707028976_n-278x400Em Dama da Meia-Noite, Cassandra retoma o universo de fantasia urbana da série Os Instrumentos Mortais, que já ganhou a tela de cinema e agora é série de TV exibida pelo canal Netflix. Cinco anos após os acontecimentos de Cidade do Fogo Celestial, acompanhamos os Caçadores de Sombras do Instituto de Los Angeles enquanto tentam descobrir os responsáveis por uma série de assassinatos que vitimam tanto humanos quanto fadas. Agora Emma Carstairs é uma jovem em busca dos assassinos de seus pais, com a ajuda de seu parabatai, Julian Blackthorn. As crianças cresceram e podem se tornar os melhores Caçadores de sua época.

Editora: Galera Record
Idioma: Português
ISBN-10: 8501401080
ISBN-13: 978-8501401083
Dimensões do produto: 23 x 16 x 3,3 cm
Peso do produto: 721 g

A Cassandra Clare postou um vídeo listando 10 coisas que devemos saber antes de ler Dama da Meia-Noite. Veja:

Legendado pelo www.Idris.com.br


E eu quero saber de vocês: Já conhecem o livro? Querem ler? Quais livros já leu da nossa diva, Cassandra? Comente, curta e compartilhe!!

 

5 Estrelas, Desafio Literário 2016, Editora Intrínseca, Resenhas, Sem categoria

Resenha: A Menina que Roubava Livros + Desafio Literário | Abril

Olá meus Nerd’s! Como estão?

Como eu havia conversado com vocês, no desafio de março eu iria ler, A Menina que Roubava Livros, mas só tive tempo de publicar a resenha hoje.. Então, aproveitando o momento já vou deixar pra vocês o desafio do mês de abril.  😀

a_menina_que_roubava_livros

 Sinopse:

Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.

wwaww5

Título: A Menina que Roubava Livros
Título original: The Goonies
Autor: Markus Zusak
Ano: 2011
Páginas:
480

Editora: Intrínseca

5 SABRES

Skoob | Goodreads | Comprar

Resenha:

O livro é uma narrativa da Morte, seu foco é a vida de Liesel e o que a ela for relacionado. Organiza-se em dez partes, cada qual com cerca de quarenta páginas.

“A menina que roubava livros” conta a história de uma menina de nome Liesel Meminger que, durante uma viagem de trem com destino a cidade alemã de Molching, ao despertar encontra o seu irmão que viajava a seu lado, morto. No trajeto é feita uma parada para inumar o menino, e, é no cemitério onde nossa protagonista faz o primeiro de seus roubos: um dos coveiros, descuidado, deixa cair à neve um livro intitulado “Manual do Coveiro”. Chegando a cidade de destino, Liesel descobre que seria entregue a uma família adotiva; reluta muito em partir dos braços da mãe, mas acaba cedendo. Nossa protagonista passa a viver com Hans e Rosa Hubermann, sua nova família. A partir de então, Liesel ao decorrer da história, começa a estudar, faz amizades e, passa a roubar livros da biblioteca da mulher do prefeito, Ilsa Hermann (com certo consentimento da proprietária). Ao lado de seu amigo Rudy, ela constrói uma amizade solidária e uma cumplicidade nos furtos, além de um amor castiço e terno…

A ideia de Markus Zusak ao grafar um romance cujo cenário é a Alemanha nazista, retratando os horrores desse período, é de fato interessante. Uma jovem menina que vê (assim qual uma minoria de outras pessoas alemãs) um absurdo nos ideais de Hitler, mas, por coação, mantém a aparência de nazista, muito embora, durante parte da história os Hubermann e Liesel abriguem secretamente um judeu em seu porão.

O livro mostra o caos que foi a Alemanha nesse período: moradores alemães passando fome com o racionamento de alimentos, o temor de ser considerado um traidor ou mesmo de ser alvo de desconfianças por parte dos membros do partido nazista, a repressão para que todos se alistassem a essa facção e, a perseguição aos que se negavam. O fanatismo de maioria dos alemães, o nacionalismo exagerado, a arrogância… A perseguição aos judeus e a quem não fosse etnicamente alemão. O sofrimento das famílias – não só judias, mas inclusive alemãs como também russas e outras tantas – que perdiam seus parentes nas batalhas; das mães que perderam seus filhos ainda pequenos por conta dos bombardeios; pessoas que foram mutiladas pelo conflito… Atrocidades tamanhas que expõem o lado mãos sombrio, perverso e dantesco da natureza humana, capaz de apavorar até mesmo a singular narradora (“os seres humanos me assombram”).

A estruturação desse livro é um pouco diferente do que as dos títulos que já li. A principio foi curioso, até mesmo um pouco “estranho”, mas ao decorrer do livro torna-se conveniente e agradável.

Esta obra possui sem dúvida valor pedagógico; como sempre indicando o mérito da Literatura qual instrumento de cultivar conhecimentos variados. Trata-se de um texto mais indicado, talvez, a alunos a partir do segundo ano do Ensino Médio, dada a qualidade da escrita.

~~~~

Desafio Literário 2016 – Abril

BLOG BANNER

Para o desafio desse mês de abril, temos como obrigatório um livro de autor brasileiro e como opcional um livro de até 100 páginas.

Então, para o obrigatório eu escolhi o livro, Espíritos de Gelo por Raphael Draccon que ficou conhecido pela trilogia Dragões de Éter. 

Mais uma vez não vou ler o livro opcional, por causa do tempo! :\

Lançamentos, Sem categoria

Pré-Venda: Azeitona por Bruno Miranda

156219_1039740079424724_3094091348602318924_n

Olá meus Nerd’s!

Quem aqui não conhece o Bruno Miranda? Bom, ele foi um dos primeiros BookTubers que conheci e logo de cara me apaixonei… ❤ Desde então, passei a acompanhá-lo e admirar seu “trabalho”. 

O Bruno escreveu um livro que será publicado pela Editora Planeta e já está em pré-venda. O livro intitulado, Azeitona, é um romance e  uma história divertida, tocante sobre relacionamentos familiares. 

Nosso Bubarim publicou recentemente no seu canal o primeiro capítulo do livro, mas antes de assistir o vídeo abaixo, você poderia dar uma olhadinha no site da Saraiva e adquirir o livro na pré-venda. 😀  

Adicione no Goodreads e Skoob:
https://www.goodreads.com/book/show/29543141-azeitona
http://www.skoob.com.br/azeitona-572380ed573094.html

Página de autor no Skoob:
http://www.skoob.com.br/autor/15755-bruno-miranda

 

brunomiranda-azeitona-prevenda

Desafio Literário 2016, Sem categoria

Desafio Literário 2016: Fevereiro

Supernova 2 - Renan Carvalho

Olá meus Nerd’s!! 🙂

Sim, eu sei, dei uma mega sumida daqui… Minhas aulas começaram e ainda por cima eu trabalho, daí meu tempo está bem curto. Mas, prometo que sempre que tiver alguns minutinhos sobrando, converso com vocês! HAHAHAHA

Bom, no mês passado demos início ao Desafio Literário 2016, onde tínhamos que ler um livro de suspense e um livro com mais de 400 páginas.

⇒ Resenha: Garota Exemplar

Resenha: A Promessa da Rosa

Dessa vez, o desafio é o seguinte:

  • Desafio obrigatório – Um livro com Magia;
  • Desafio opcional – Um livro com 2 ou + pontos de vista.

Para o obrigatório escolhi o livro, A Estrela dos Mortos do Renan Carvalho, é o segundo livro da série Supernova. Para o opcional escolhi o livro, Como Eu Era Antes de Você da Jojo Moyes, por ser opcional não sei se realmente vou lê-lo, se o tempo me permitir, quem sabe?! ¬¬”

E vocês? Estão participando do desafio? Deixem nos comentários os livros que vão ler esse mês! 😀 

 

3 Estrelas, Editora Novo Conceito, Resenhas

Resenha: O Bangalô – Sarah Jio

o-bangalo_1

Sinopse: 

Verão de 1942. Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos.

No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amiga, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora.

Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso.

O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas… Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história.

A ilha, de alguma forma, transforma a vida das pessoas, e este livro certamente transformará você.

Título: O Bangalô
Título original: The Bungalow
Autor: Sarah Jio
Ano: 2015
Páginas
: 316

Editora: Novo Conceito

Livro cedido através da parceria com a editora

3 SABRES

Skoob | Goodreads | Compre

Resenha:

Anne, formada em enfermagem está prestes a casar-se com um homem bem-sucedido. Kitty, também formada em engermagem é sua grande e melhor amiga. Unidas. Fieis. Kitty, após a festa do noivado de Anne, reflete que está na hora de seguir seu caminho.

Então, resolve se alistar no exército para cuidar dos soldados feridos. Anne por sua vez, não fica satisfeita com a vida amorosa e decide seguir sua amiga e juntas servir ao exercito em Bora-Bora.

QUOTE 1

Ambientada na Segunda Guerra Mundial, somos encantados por uma linda história de amor que em meio a tanto caos e acontecimentos lamentáveis, vemos que a vida nos prepara coisas das quais não estamos esperando.

Anne sabe muito bem o que é ser surpreendida, envolve-se com um soldado muito carinhoso que encontram um refúgio num velho bangalô na praia. Ali, viveram momentos inesquecíveis.

Após vários anos, Anne recebe uma carta, um convite de um remetente desconhecido para recordar o que foi vivido no bangalô, o que você faria? Quer saber a reação de Anne, leia O Bangalô. 😉 😛

QUOTE 2

Sarah Jio sabe te prender na sua narrativa, colocando acontecimentos que tornam a história mais interessante e intensa.

A trama tem um grande reviravolta. Personagens e fatos impactantes. Romance, drama e mistério… Tudo isso em apenas um livro! 😀

4 Estrelas, Resenhas

Resenha: A Promessa da Rosa – Babi A. Sette

capa a promessa da rosa

Sinopse:

Século XIX: status, vestidos pomposos, carruagens, bailes… Kathelyn Stanwell, a irresistível filha de um conde, seria a debutante perfeita, exceto pelo fato de que ela detesta a nobreza; é corajosa, idealista e geniosa. Nutre o sonho de ser livre para escolher o próprio destino, dentre eles inclui o de não se casar cedo. No entanto, em um baile de máscaras, um homem intrigante entra em cena… Arthur Harold é bonito, rico e obstinado.
Supondo, por sua aparência, que ele não pertence ao seu mundo, a impulsiva Kathelyn o convida a entrar no jardim – passeio proibido para jovens damas. Nunca mais se veriam, ela estava segura disso. Entretanto, ele é o nono duque de Belmont, alguém bem diferente do homem que idealizava, só que, de um instante a outro, o que parecia a aventura de uma noite se transforma em uma paixão sem limites. Porém, a traição causada pela inveja e uma sucessão de mal-entendidos dão origem ao ciúme e muitas reviravoltas. Kathelyn será desafiada, não mais pelas regras sociais ou pelo direito de trilhar o próprio caminho, e, sim, pela única coisa capaz de vencer até mesmo a sua força de vontade e sua enorme teimosia: o seu coração.

wwaww5

Título: A Promessa da Rosa
Título original:  –
Autor: Babi A. Sette
Ano: 2015
Páginas
: 432

Editora: Novo Século

4 SABRES

Skoob | Goodreads | Compre

Resenha:

Ambientada em Londres no século XIX, Kathelyn Stanwell, que apesar de ser a filha de um conde, não se importa com títulos de nobreza, sempre desejou ter o controle de seu próprio destino e casar-se por amor, mas isso é impossível para damas do seu século. Ela encanta a todos com sua beleza, ao mesmo tempo em que leva seu pai ao desespero por seu espírito independente. 

Na primeira oportunidade em que pode sair, em um baile de máscaras, ela acaba conhecendo um misterioso “falcão” que a atrai. Kathelyn é muito comportada, mas vê aí a sua chance de experimentar coisas novas, afinal está mascarada e ninguém a reconhecerá.  

Quote 1

No entanto, o “falcão” é o nono duque de Belmont, Arthur Harold, e quando descobre que aquela garota inteligente e atrevida é filha de um conde, ele sabe que o desejo de tê-la para si pode ser concretizado. 

O romance dos personagens, mesmo que seja atribulado, acontece na maior parte do livro e arranca suspiros o tempo todo.

Babi A. Sette foi muito diferente do que estou acostumado, nunca vi tanto azar e decisões que resultam em tanto sofrimento em um livro desse gênero, o romance é o desejo inalcançável dos personagens, sempre a um passo da felicidade.

Quote 2

Amei este livro, a escrita impecável e viciante, só não esperem um romance de época do jeito que o gênero normalmente é, o drama e o romance se alternam em reviravoltas do começo ao fim. Tenho muito orgulho de ter uma autora tão talentosa no Brasil.

Desafio Literário 2016

Desafio Literário 2016: Janeiro

garotaexemplar

Olá meus Nerd’s, como estão?

Hoje começa o ano de 2016, e juntos começamos o nosso Desafio Literário!

Em janeiro o desafio obrigatório é ler um livro de suspense e o opcional, é um livro com no mínimo 400 páginas.

Para esse desafio, eu escolhi um livro que já foi adaptado para o cinema e foi bastante comentado em 2015, Garota Exemplar, por Gillian Flynn. Para o opcional escolhi A Promessa da Rosa, por Babi A. Sette.

A medida que eu for terminando de ler, eu vou escrever as resenhas dos livros, que poderão ser lidas aqui no blog! 😀

Você ainda não está participando do Desafio Literário 2016? Inscreva-se, preenchendo o formulário obrigatório, no link abaixo:

 ⇒ F O R M U L Á R I O   D E   I N S C R I Ç Ã O O B R I G A T Ó R I O ⇐