4 Estrelas, Editora Record, Parceiro, Resenhas

Resenha: Entre as Estrelas por Katie Khan

71Gv4B4mnpL.jpg

Sinopse: 

Nada na Terra poderá separá-los. Um romance futurista surpreendente sobre o impacto do primeiro amor e como nossas escolhas podem mudar o destino de todos ao nosso redor Num futuro não muito distante, após a aniquilação dos Estados Unidos e do Oriente Médio, a Europa nada mais é que uma utopia na qual, a cada três anos, a população se muda para uma nova comunidade multicultural. Em um desses paraísos, Max conhece Carys, e é amor à primeira vista. Ele logo percebe que Carys é a pessoa com quem deseja passar o resto da vida — uma decisão impossível nesse novo mundo. Conforme o relacionamento dos dois se desenvolve, a conexão entre o tempo deles na Terra e o dilema atual no espaço vai sendo revelado. À deriva entre as estrelas, com apenas noventa minutos de oxigênio, eles concluem que só um deles tem a chance de sobreviver. Mas quem?

Título: Entre as Estrelas 
Título original: Hold Back the Stars: A Novel
Autora: Katie Khan
Ano: 2017
Páginas:
280

Editora: Bertrand Brasil

Amazon

Livro cedido através da parceria com a editora

4 SABRES

Resenha:

Acredito que a maioria dos jovens hoje, que tem em média mais de 20 anos, sonhavam em ser astronauta. Lembro que sempre pensava numa aventura fantástica e ao mesmo tempo tinha medo da descoberta de coisas das quais ainda não temos conhecimento, de fato. Nunca assisti 2001 – Uma Odisseia no Espaço, mas conheço o Tintin e lembrei-me um pouco do personagem, um passageiro clandestino em um foguete, se sacrifica saindo do espaço quando fica claro que não há oxigênio para todos os outros. Nada. Nem bruxas, nem monstros sob a cama ou Voldemort. Me assustaram tanto quanto o pensamento de morrer sozinho em uma escuridão infinita, flutuando a milhares de quilômetros da Terra e sufocando lentamente.

Entre as Estrelas é sobre isso. À medida que o livro vai tomando um rumo, Carys e Max estão caindo livremente pelo espaço. Sua nave gravemente danificada, o Laertes, está atrás deles e recuando a cada minuto. E cada minuto conta: eles têm noventa restantes em seus tanques de oxigênio. Depois disso, se eles não conseguirem voltar para a nave ou conseguirem que a Al dirija um drone via satélite, eles vão sufocar.

A maior parte da história é contada em flashbacks, mostrando-nos como a Carys e Max se conheceram e se apaixonaram. Katie Khan criou um mundo quase familiar, que sofre de uma invasão nuclear como resultado de uma guerra entre os EUA e “Oriente Médio”. A Europa tornou-se a Europia, uma coleção de regiões conhecidas como Voivodes através das quais os cidadãos são embaralhados a cada três anos em um programa chamado Rotation. Pretende-se desencorajar os indivíduos de se tornarem excessivamente ligados a um lugar. Qual a melhor forma de combater a xenofobia e os vários perigos do orgulho nacionalista do que garantir que todos sejam de todos os lugares, ou de nenhum lugar?

A captura é a Regra de Casais, que estipula que ninguém pode entrar em um casamento ou uma parceria civil, de preferência, nem mesmo um relacionamento sério, antes dos trinta e cinco anos. Carys e Max têm vinte e poucos anos quando se encontram. Não é o mais suave dos romances: Max é de uma das famílias fundadoras da Europia, pessoas que acreditam firmemente na correção das regras, e Carys quer uma demonstração de compromisso que ele achou difícil de dar. Eventualmente, no entanto, querendo provar seu amor por ela, ele não apenas a apresenta aos pais, mas pede ao governo da Europânia uma isenção à Regra de Casais. A legislatura concorda em dar ao casal uma corrida de julgamento como um casal, mas não dentro da Europia. Em vez disso, eles são “voluntários” para uma missão espacial para tentar encontrar uma rota navegável através do campo de asteroides que inexplicavelmente cercou a Terra desde o tempo da guerra nuclear.

18254-NRI32X.jpg

Entre as Estrelas é uma espécie de ficção científica. Todas as armadilhas estão lá: catástrofe política global, nova ordem mundial, mudanças ambientais, nomes alterados para objetos ou fenômenos familiares, níveis aumentados de tecnologia doméstica, governo grande e impessoal. É, pelo menos, uma distopia real. Eu fico com tédio quando as pessoas lançam a palavra em torno imprecisamente, mas no caso deste livro é quase tão apto: a população da Europia acredita estar vivendo no melhor de todos os sistemas possíveis na Terra ignorada (eles até incorporaram a palavra “utopia” em seu novo nome), mas não funciona para todos e não é tão imparcial. No entanto, se você já leu mais do que o mais minimo golpe de ficção suavemente especulativa, ou viu mais de três episódios de Doctor Who, você provavelmente encontrará a atmosfera do livro um pouco chata.

De qualquer forma, a ficção científica é leve porque Entre as Estrelas não está interessado em suas próprias implicações teóricas. Está muito mais interessado em ser uma história de amor, e nisso, é bem sucedido. E enquanto Khan carrega sua história, vemos o valor disso, por causa da natureza do giro da trama.

Entre as Estrelas é uma história de amor evocativa, solidamente escrita, pendurada em um quadro futurista. As páginas de abertura absolutamente te convidam a um desafio para ler, e é fácil se investir no que acontece depois. Provavelmente não vou lê-lo novamente. Eu não sou seu leitor ideal. Mas se você está procurando uma história de amor absorvente, acelerada e bastante encantadora, tá esperando o que para adquirir o livro?!

Autores Parceiros

Parceria: Glauco Freitas (Autor)

Olá Nerdbookaholics, como estão?

Hoje, tenho uma novidade para compartilhar com vocês. Na verdade, teremos algumas novidades durante a semana rs. Fiz parceria com alguns autores e espero agradá-los com os nossos novos amigos!

Primeiramente apresento o Glauco Freitas, tem 27 anos e reside em Curitiba, onde nasceu. Chegou tarde à literatura, quando conheceu “O Último Reino”, da série Crônicas Saxônicas de Bernard Cornwell, que é, até hoje, seu autor favorito. Não demorou a escrever as próprias histórias, sempre voltadas à ficção fantástica e suas mais diversas vertentes.

O Glauco já tem dois livros publicados e vocês conferem mais informações à respeito dos mesmos abaixo:

A ALCATEIAA Alcateia

SINOPSE:
“Vem Lobo! Coroa-te no sangue dos apressados!”

Rituais de morte se espalham pela cidade de Curitiba e cabe ao Investigador da Homicídios, Flávio Patrezzi, impedir a propagação do horror causado pela Alcateia. A ajuda de seu consultor, Alexandre Matsui, será imprescindível para que encontrem os responsáveis por estes crimes bárbaros numa caçada que os levará aos corredores labirínticos do próprio Inferno.

Ebook: http://migre.me/wlIGn
Book Trailer: http://migre.me/wlIIG
Livro físico: http://migre.me/wz2de

O EXÉRCITO DE IMORTAISO Exército de Imortais
 
SINOPSE:

“Amaldiçoado pela gigantesca cobra de fogo, Mboi Tatr, o reino de Akakor há séculos vive em uma guerra desigual contra criaturas ferozes e imortais. Com pouca esperança, seus líderes não sabem que estão sendo traídos por um grupo que busca incansavelmente ver a segunda maldição de Mboi Tatr se concluir: a de que voltaria a vida para consumir o mundo em chamas. Mas, o mestiço Räel, um encantador de flechas, ao descobrir o plano macabro, sai no encalço do grupo a fim de impedí-los, para isso colocará sua vida em risco quando poderes muito maiores que os seus entram no conflito.”

O primeiro livro da série Folclórika, O Exército de Imortais é uma High Fantasy inspirada no folclore nacional, trazendo as lendas e mitos brasileiros para uma nova e fantástica realidade.

Livro Físico: O Exército de Imortais – Loja PenDragon 
Book Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=De8kxHuLNJU&t=5s

PÁGINAS NO FACEBOOK:

Pessoal: www.facebook.com.br/@glaucojsfreitas
A Alcateia: www.facebook.com.br/@livroaalcateia
O Exército de Imortais: www.facebook.com.br/seriefolclorika

Muito em breve teremos resenhas desses livros e vocês poderão saber qual a nossa crítica sobre os livros do Glauco Freitas.

Um forte abraço, vejo vocês no próximo post ou vocês podem nos seguir no Instagram @nerdbooks_ e ficar por dentro das novidades do mundo literário e nerd!

5 Estrelas, Dicas

CCXP Tour: Viva o Épico, no Nordeste!

A CCXP Tour aconteceu entre os dias 13 a 16 de abril de 2017 no Centro de Convenções de Recife – PE. O evento foi e é organizado pela Omelete Group, Pizii Toys, Chiaroscuro e produzido pelo Spoladore Eventos. Estima-se que mais de 80 mil fãs da cultura nerd/geek participaram do evento.

FINAL2
Fonte: Instagram

Durante esses 4 dias a programação foi bastante diversificada, no qual pudemos nos aproximar ou pelo menos ver mais de perto os nossos ídolos internacionais e nacionais, das séries, filmes e HQ’s. A CCXP Tour reuniu convidados de peso para incrementarem e abrilhantarem o evento mais épico de 2017:

No primeiro dia, tivemos uma apresentação sobre o evento no auditório Twitch. Ainda no auditório Twitch, aconteceu um tributo ao Maurício de Souza (um dos convidados ilustres). Autógrafos e fotos com o Carlos Villagrán (Quico), Castro Brothers, MRG, Claudia Wells, entre outros grandes artistas.

KIKO
Fonte: Instagram

No segundo dia, fomos contemplados com a presença do Richard Speight Jr. que interpretou o arcanjo Gabriel na série americana, Supernatural. Podemos acompanhar no auditório Ultra, entrevista com Grandes Astros Brasil – Quadrinistas, no auditório Twitch, assistir ao trailer oficial e exclusivo do filme Star Wars – Os Últimos Jedi, que, aliás, tivemos que bloquear nossos celulares e colocar numa bolsinha (cedida pela Warner), ao final nos deu um pôster oficial e exclusivo do filme.

No terceiro dia, foi a vez da Netflix nos encher de amor com o seu painel que contou com o elenco de Iron Fist (Punho de Ferro), 13 Reasons Why (Os 13 Porquês), Sense8 e 3%. Todos puderam tirar fotos e pegar autógrafos. No auditório Ultra, houve apresentação das novidades dos filmes da Marvel e pôster oficial autografado da CCXP. Houve também painel da Cartoon Network, Warner Bros e fotos e autógrafos com Youtubers e artistas convidados.

No quarto e último dia de evento, não foi diferente, no auditório Twitch houve entrevista com o Kevin Sussman, o Stuart da série americana, The Big Bang Theory (super simpático, inclusive). A Warner Bros nos apresentou algumas estreias de séries, entre elas Bingo – O Rei das Manhãs, apresentado pelo Vladimir Brichta. Painel no auditório Ultra do filme Amor.com, além de fotos e autógrafos com artistas convidados. No auditório Twitch mais novidades da Marvel Studios, com pôster exclusivo autografado. E para finalizar um concurso de Cosplay, que nos rendeu muitos aplausos e sorrisos.

kevin
Fonte: Instagram

Além dessa programação, havia stands espalhados pelo Centro de Convenções para tirarmos fotos, brincar em jogos e ainda fazer aquelas comprinhas… (por que, ninguém é de ferro).

No stand da Netflix, você poderia brincar no jogo da memória de Stranger Things, brincar no jogo de lógica de 3%, cantar no karaokê de Orange is the New Black e dar aquele “soco fantástico” no jogo do Iron Fist (Punho de Ferro). Todos que participavam ganhavam brindes exclusivos como pôsters, bottons, adesivos e até camisetas.

No stand da Warner Bros, você poderia tirar uma foto como a Mulher Maravilha e ganhar uma bolsa ou um pôster exclusivo.

No stand da editora Leya, tirar foto no Trono de Ferro (GOT). Havia também o Trono de Coelhos da Turma da Mônica, que fez o maior sucesso entre todos que participaram da CCXP Tour.

Havia outros stands que garantiram o sucesso total do evento, e já foi confirmada a segunda edição para agosto de 2018. Enquanto isso, a CCXP terá mais uma edição em São Paulo, entre os dias 7 a 10 de dezembro, ingressos à venda a partir do dia 9 de maio de 2017. Viva o épico!

FINAL
Fonte: Instagram
3 Estrelas, Resenhas

Resenha: O Diário De Um Mago, Paulo Coelho

Olá, pessoal! Voltamos com mais uma resenha para os nossos #nerdbookaholics. Desta vez resolvi trazer uma obra nacional, vale a pena conferir, vamos lá?!

Obs.: Eu resolvi escolher essa obra por perceber que muitos de nossos leitores curtem enredos que se perpassam por narrações mágicas, onde podemos sair um pouco da realidade crua e vagar por caminhos imaginários, acreditando que há sempre um lado espiritual, energético, de encantos entre razão, sentimentos e sentidos. A obra conta com um pouco disso, mas que se conduz em nosso plano natural, buscando atrair a essência do rompimento de certas fronteiras de nossas mentes, bastando apenas crer e executá-las.

Eu tenho algo bem legal para dizer sobre como descobri esse livro antes de começar a resenha-lo, quando eu resolvi ler esse trabalho do Paulo Coelho, já havia lido outras obras como O Alquimista e não nego que não tinha interesse em conhecer essa. Mas certo dia ao sair de casa pela manhã indo para a universidade. Ao chegar em minha calçada lá estava. Um livro aberto jogado ao chão com uma página da contracapa rasgada. O livro era antigo, mas ainda perfeito para seu intuito e finalidade. Suas manchas e pequenas orelhas nas extremidades das folhas levemente amareladas não me fizeram rejeitar sua atração. Afinal era um livro! Ao pegá-lo no chão, olhei em volta, não havia ninguém na rua eu o fechei e lá estava “O Diário De Um Mago”. Eu o coloquei na mochila e o levei comigo. Cuidei dele ao retornar aos meus aposentos. Retirei as orelhas das páginas, limpei, o sequei ainda estava úmido devido a madrugada fria que paira no Planalto da Borborema, guardando-o assim por sete dias embaixo de uma ruma de livros maiores e pesados, para que ele pudesse voltar ao estado adequado para sua possível conservação. Depois eu o li atenciosamente. E foi desta forma que tal obra chegou até mim. Num acaso em que o destino nos cruzou após algum desordenado ser humano o jogá-lo fora, especificamente em minha calçada. Eu o tenho até hoje. A 74ª edição da editora Rocco, fez então parte de minha coleção de livros em minha estante desde então. Isso ocorreu em 2014.

diario-mago

Sinopse:

“Cheguei à cidade depois de tomar um ônibus da linha entre Pedrafita e Compostela. Em 4 horas fizemos os 150 km que separavam essas duas cidades e me lembrei da minha peregrinação: às vezes precisava de duas semanas para percorrer essa mesma distância a pé. Dentro de pouco tempo pegarei um avião de volta para o Brasil… Tenho muito o que fazer. Passa pela minha cabeça a ideia de escrever um livro sobre o que vivi. Mas esta é ainda uma ideia remota…” – Paulo Coelho

Título: O Diário de um Mago  
Título original: –
Autor: Paulo Coelho
Ano: 1993
Páginas:
246

Editora: Rocco

3 SABRES

Skoob | Goodreads | Adquira

111274754249g

Sobre o autor

Nasceu em 1947, na cidade do Rio de Janeiro. Antes de dedicar-se inteiramente à literatura, trabalhou como diretor e ator de teatro, compositor e jornalista.

Paulo Coelho escreveu letras de música para alguns dos nomes mais famosos da música brasileira, como Elis Regina e Rita Lee. Seu trabalho mais conhecido, porém, foram as parcerias musicais com Raul Seixas, que resultou em sucessos como Eu nasci há dez mil anos atrás, Gita, Al Capone, entre outras 60 composições com o grande mito do rock no Brasil.

Em 1986, PAULO COELHO fez a peregrinação pelo Caminho de Santiago, cuja experiência seria descrita em O Diário de um Mago. No ano seguinte (1988), publicou O Alquimista, que – apesar de sua lenta vendagem inicial, o que provocou a desistência do seu primeiro editor – se transformaria no livro brasileiro mais vendido em todos os tempos. Outros títulos incluem Brida (1990), As Valkírias (1992), Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei (1994), a coletânea das melhores colunas publicadas na Folha de São Paulo, Maktub (1994), uma compilação de textos seus em Frases (1995), O Monte Cinco (1996), O Manual do Guerreiro da Luz (1997), Veronika decide morrer (1998), O demônio e a Srta. Prym (2000), a coletânea de contos tradicionais em Histórias para pais, filhos e netos (2001), Onze Minutos (2003), O Zahir (2005), A Bruxa de Portobello (2006), O Vencedor está só (2008) e a compilação de textos Ser como o rio que flui (2006).

Fez também a adaptação de O dom supremo (Henry Drummond) e Cartas de Amor de um Profeta (Khalil Gibran).

Sobre a obra

O livro conta a história, ou melhor dizendo, a vivência tida pelo autor em uma jornada em 1986, por um caminho que é percorrido por milhares de turistas de vários cantos do mundo todos os anos. Por três meses, o autor do mesmo, o compositor e jornalista, Paulo Coelho, caminhou a pé os quase setecentos quilômetros entre o sul da França, e que a separam da cidade de Galícia. Isso, feito por muitos na cidade de Santiago de Compostela, ele percorreu tal percurso em busca de mistérios e conhecimentos sagrados sobre magias. Havendo em sua trajetória um grande ser italiano que passou a ser seu guia e nessa peregrinação, eles experimentaram vários momentos místicos e ensinamentos que Paulo Coelho passou a conhecer, como por exemplo As Práticas de RAM, na peregrinação por um dos três caminhos sagrados de uma crença antiga. Esse estranho Caminho de Santiago, diz o autor, mudou sua vida e ele, com todo o seu jeito intenso de expor suas vivências nos repassa nesse livro. É sempre muito complicado tentar manter os intensos e dedicados leitores do Nerd Book’s, preparados para a leitura em uma resenha sem dar pequenos spoilers. Mas sempre tentamos nos esforçar. Vamos sempre tentando construir um caminho que não ultrapassem os limites do interesse pela obra. Muitos já devem conhecer a obra, outros, no entanto ainda pretendem ou acabarão o lendo, de alguma forma ou de outra, como aconteceu comigo em que ele surgiu em meu caminho.

94e960bd-c6c9-4e5a-bed3-293fcaf99e5a

O livro, que Paulo Coelho dedica com todo entusiasmo à Petrus por toda sua compreensão em não ceder aos abusos dele em querer transformá-lo (típicos de pessoas autoconfiantes), resultou em vários ensinamentos que o autor vai descrevendo no decorrer da história. Ele irá mostrar alguns exercícios que aprendeu, tais como alguns rituais, que são praticados a milênios nesse caminho de Santiago de Compostela e que até os dias de hoje, é realizado por inúmeros turistas e pessoas em busca de espiritualidade, e novos conceitos, que peregrinam por essas trilhas. Paulo Coelho traz para nós esses ensinamentos. Como sei que comecei e seria injusto não falar de algum deles, antecipo meus caros amigos e amigas, quais são eles: O Exercício da Semente, o Exercício da Velocidade, o exercício da Água, o Exercício da Crueldade, o Exercício do Enterrado Vivo, o Exercício das Sombras, o exercício da Audição e o Exercício da Dança. Esses são os exercícios que ele aprendeu e se submeteu a fazê-los em sua peregrinação, tendo ainda alguns outros rituais, mas que deixarei vocês descobrirem por si sós. Logo ele os descreve para que nós possamos alcança-los também. Mas meus amores, preciso ser sincero, eu tentei praticá-los, contudo não tive muito êxito, mentalmente eu não estava preparado para eles, apesar de eu ter tentado realizar todos para melhor compreender o livro, havia um que causava uma grande dor, eu não o executei perfeitamente, pois só aceito bem a dor que seja motivada pelo amor, sou romântico, fazer o quê? Outros tipos de dores para mim são incômodos. Vou citar apenas um dos Exercícios para que possam compreender melhor:

6faee531-cc86-4ec2-b4ac-c62f6be195e6

E desta forma segue as escrituras de Paulo Coelho, contando como foi sua peregrinação e suas descobertas, ele descreve sua luta pelo segredo contido em sua espada (ele adora espadas), mas é preciso ler para saber o que ele descobriu, pois não irei dizer (risos). O Nerd Book’s tem a finalidade de prepará-los para a leitura, deixando assim a opinião sobre o livro ser analisada de acordo com o momento, percepção e estado emocional de cada um de vocês. E aqui me disperso e deixo vocês com mais uma boa leitura. Aguardamos ansiosos pelos seus comentários sobre o livro. Lembrando sempre que quem faz o Nerd Book’s são vocês.

Um bom café, um forte abraço e uma ótima leitura!

5 Estrelas, Editora Record, Especial: Halloween, Resenhas

Resenha: A Profecia, por David Seltzer

a_profecia__1236620443b

Sinopse:

Em 1975, o anticristo nasceu. Uma criança protegida pelas forças do mal. Nascido de um chacal no dia seis de junho as 6:00 da manhã, o pequeno Damien foi adotado por uma família, que teria sua vida mudada pela criança que possuía o número 666 marcado em sua cabeça.

Título: A Profecia
Título original: The Omen
Autor: David Seltzer
Ano: 1976
Páginas:
204
Editora: Record

5 SABRES

Skoob | Goodreads | Compre

Resenha:

Numa noite em Roma, o diplomata americano Robert Thorn troca seu filho morto por um órfão recém-nascido. Ninguém, nem mesmo sua esposa, sabe da troca. Como o menino, Damien, cresce, eventos estranhos começam a acontecer. Em primeiro lugar, a babá morre em circunstâncias estranhas, e, em seguida, uma nova babá e um cão preto feroz parecem tomar conta dele. Kathy, esposa de Robert tem um acidente grave e um padre velho estranho persegue Thorn para lhe dizer que o seu filho é a semente do diabo. Como as mortes começam a aumentar, Thorn deve correr em toda Roma, Jerusalém e Londres para tentar desvendar a verdade. Com um final cheio de momentos angustiantes, você vai querer pegar o próximo romance imediatamente para descobrir o que acontece a seguir!

omen3_zps94306670
Fonte: Google

A trama em si demora um pouco para se desenrolar, mas uma vez que a primeira morte ocorreu, o ritmo pega dramaticamente e os acontecimentos estranhos tornam-se cada vez mais frequentes. Até o momento eu estava a meio caminho andado folheando as páginas do romance, eu não poderia colocá-lo para baixo até que eu tivesse terminado. A trama rapidamente se move de uma forma completamente assustadora com o avanço da leitura. Eu fiquei muito impressionado com o fato de que a história conseguiu me deixar nervoso – muito poucos romances conseguem isso com sucesso e ser classificado como assustador, assim Seltzer lidou com isso muito bem.

davidseltzer2012writersguildawardspress73ep4jdn8cil

Eu não vi o filme ‘A Profecia’, então eu não posso comparar o livro com o filme; No entanto, tal como foram ambos escritos pelo mesmo homem, é provável que eles serão semelhantes. Eu acredito que alguns nomes alternativos foram usados no livro, e Seltzer foi capaz de desenvolver as histórias de personagens mais plenamente. Confesso que amo história de terror, principalmente as que envolvem demônios, me julgue. E agora que terminei o livro, eu estou agendando um dia para assistir o filme, porque se eu achei o livro assustador, o filme vai assustar a vida fora de mim! E claro, quero ler os outros quatro livros da série.

Curtam! Comentem! Compartilhem! Sigam o blog!

4 Estrelas, Especial: Halloween, Resenhas

Resenha: Eu Sou a Lenda, por Richard Matheson

eu-sou-a-lenda-1
Fonte: Google

Sinopse:

Uma impiedosa praga assola o mundo, transformando cada homem, mulher e criança do planeta em algo digno dos pesadelos mais sombrios. Nesse cenário pós-apocalíptico, tomado por criaturas da noite sedentas de sangue, Robert Neville pode ser o último homem na Terra. Ele passa seus dias em busca de comida e suprimentos, lutando para manter-se vivo (e são). Mas os infectados espreitam pelas sombras, observando até o menor de seus movimentos, à espera de qualquer passo em falso… Eu sou a lenda, é considerado um dos maiores clássicos do horror e da ficção científica, tendo sido adaptado para o cinema três vezes.

Título: Eu Sou a Lenda
Título original: I Am Legend
Autor: Richard Matheson
Ano: 2015
Páginas:
384
Editora: Aleph

4 SABRES

Skoob | Goodreads | Compre

Resenha:

Robert Neville é o último homem na Terra, mas ele está longe de ser o último ser vivo.
Tem sido assim há vários anos desde que uma praga desconhecida cobriu a Terra e aparentemente exterminou cada ser humano, exceto Robert. Mas aqueles seres humanos que morreram não permaneceram mortos, e agora voltaram à vida como vampiros, sedentos de sangue humano. O sangue de Robert. Por dia, Robert passa por uma rotina rigorosa para fortificar sua casa com espelhos, alho e tábuas pregadas nas postas e janelas. Além disso, ele faz várias estacas em quantidades infinitas necessárias para a sua outra rotina diária – matar vampiros. À noite, Robert fica em sua casa, ouvindo música clássica e bebendo para dormir, enquanto vampiros ficam ao redor e pedindo-lhe para sair de casa.

25988455204_8f3882492e_b
Fonte: Google

Alimentado por não saber o que causou a peste, e ainda assombrado pela morte de sua família, Robert finalmente decide começar a pesquisar o que pode ter sido a origem. Embora Robert não seja um homem da ciência, ele tem todo o tempo do mundo para se tornar um. Ele acrescenta uma viagem para a biblioteca para a sua rotina diária, onde encontra livros sobre vírus, bactérias e teoria científica básica. Através deste novo processo de teorização e estudo, Robert encontra uma renovação em sua vida, e quando ele chega perto de uma teoria que pode se aproximar de algo, ele se depara com a maior descoberta de todas – ele pode não ser o último humano vivo da Terra!

tumblr_m5yiz84bqx1qhtapco1_r1_500
Fonte: Google

Escrito por Richard Matheson em 1954, Eu Sou a Lenda se tornou uma lenda ao sofrer uma forte influência na literatura e no cinema ao longo dos últimos cinquenta anos. A história de Matheson foi trazida para a tela em 1964 como o último homem na Terra (que por sua vez influenciou a noite original do Living Dead), em 1971 como The Omega Man, e agora em 2007, como Eu Sou a Lenda.

richard-matheson
Fonte: Google

Eu Sou a Lenda é talvez um dos maiores romances sobre vampiros. Talvez a história de Bram Stoker seja a única que mereça mais elogios. O que a princípio pode parecer uma história de horror para ser lido sob as cobertas, em seguida, esquecido é nada menos que uma análise surpreendente de não apenas as questões então vigentes, mas um exame que pode ser re-interpretado e usado como uma classe de ampliação para qualquer conflito político ou social. Eu Sou a Lenda continua sendo uma peça clássica e essencial da literatura moderna por uma razão, e não é nada menos do que uma obra-prima.

Curtam! Comentem! Compartilhem!
Artigos, Dicas

Autores para você se apaixonar

dia20do20leitor
Fonte: Google

São inúmeros os livros e autores que temos espalhados pelo mundo e com certeza os amantes da literatura conhecem diversos deles, como: Stephen King, John Green e J. K. Rowling. São incríveis escritores que te fazem viajar e se apaixonar por cada historia e personagem. Pensando nesses grandes escritores, separei pra você três autores brasileiros atuais que vale a pena conhecer. Confira:

Paula Pimenta

img_4377
Fonte: Google

A escritora escreve romances para o público jovem, mas conquistou o coração de todos. Ela ganhou espaço com a saga “Fazendo meu filme”, as histórias contam a vida de Fani Castelino Beluz, uma adolescente mineira que passa por diversos problemas amorosos na sua adolescência e vive um grande dilema entre conhecer o mundo ou viver um grande amor. Leitura leve que te faz voar longe.

Entre os romances da autora temos: Fazendo meu filme, Minha vida fora de série e O livro das princesas.

large
Fonte: Google

 

Pedro Grabriel

Foto: Leo Aversa - Crédito obrigatório.
Fonte: Google

Pedro apresenta histórias vividas por seu alter ego, desde a cuidadosa aproximação da pessoa desejada, o encantamento e a paixão, até o sofrimento provocado pela ausência e a dor da perda. Em, Eu me chamo Antônio, Antônio o personagem do romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia. Antônio é perito nas artes do amor, está sempre atento aos detalhes dos encontros e desencontros do coração. Quando está apaixonado, se sente nas nuvens e nada parece ter maior importância, e, quando as coisas não saem como esperado, é capaz de enxergar nas decepções um aprendizado para seguir adiante. Do balcão do bar, onde Antônio se apoia para escrever e desenhar, ele vê tudo acontecer, observa os passantes, aceita conversas despretensiosas por aí e atrai olhares de curiosos. Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada.

Confira outra obra do autor: Segundo – Eu me chamo Antônio.

segundo-eu-me-chamo-antonio-desejoliterario-1
Fonte: Google

Renata Ventura

renata-ventura
Fonte: Google

Ao estilo Harry Potter e Senhor dos anéis, a autora escreve grandes histórias envolventes. “A Arma Escarlate” conta a história de Hugo Escarlate, um garoto de 13 anos que, em 1997, no meio de um tiroteio no Rio de Janeiro, descobre que é um bruxo. Jurado de morte, ele foge da cidade para aprender magia e enfrentar quem está te perseguindo, mas nada sai como o planejado…

Outra historia famosa da autora é A Comissão Chapeleira.

ccccc
Fonte: Google