5 Estrelas, Resenhas

Resenha: Warcraft, Christie Golden

capa-resenha-christie-golden_nerdbooksblog

Sinopse:

Há muito Azeroth está em paz. Após expulsar os trolls, com a ajuda de Medivh, Guardião do reino, humanos vivem em paz com os vizinhos elfos e anões. Mas um novo mal desponta no horizonte, e a guerra ameaça engolfar mais uma vez os domínios do justo rei Llane.

Uma raça temerária de invasores, os guerreiros orcs, insuflados pelo feiticeiro Guldan e liderados pelo monstruoso Mão Negra, fogem de seu mundo agonizante em busca de caça e oportunidades. Com a ajuda da vileza, a mais cruel das magias, Guldan criou um portal capaz de transportar sua Horda até Azeroth.

A maré verde, de orcs dominados por esse mal, toma de assalto as terras humanas. Morte e destruição ameaçam destruir a tudo e a todos. Então, de lados opostos, dois heróis surgem, em uma rota de colisão que decidirá o destino de sua família, seu povo e seu lar.

Durotan, o líder honrado do clã Lobo do Gelo, quer apenas uma chance para seu filho recém-nascido. Lothar, o Leão de Azeroth, busca redenção. E assim começa uma espetacular saga sobre poder e sacrifício, na qual a guerra tem muitas facetas e todos lutam por algo.

Título: Warcraft  
Título original: Warcraft
Autor: Christie Golden
Ano: 2016
Páginas:
266

Editora: Galera Record

Livro cedido através da parceria com a editora

5 SABRES

Skoob | Goodreads | Adquira 

Resenha:

No início da minha análise, devo ser honesto: eu nunca joguei World of Warcraft e até agora não vi a versão do filme do Warcraft. Minha primeira e única introdução neste mundo mágico e complexo tem sido este livro, Warcraft por Christie Golden. Como um admirador da fantasia e de J.R.R. Tolkien e claro, a J. K. Rowling, tenho vergonha de dizer que perdi uma saga maravilhosa.

À medida que o livro se desenrola, o que aconteceu com o mundo de Azeroth já aconteceu. É um evento fixo, que não pode ser desfeito. E é assim, com uma sensação de medo iminente, e ainda excitação tranquila, que o leitor vê o passado se tornar o presente.

Orcs, fugindo de um mundo moribundo que não pode mais apoiar a sua Horda, encontrar um portal e por meio da magia negra um novo mundo para conquistar e colonizar. Elfos, anões, gnomos e homens, descobrem que sua paz e tranquilidade duramente conquistadas está sendo ameaçada por um inimigo que ninguém jamais viu ou ouviu falar antes.

O que se desenrola é um choque de culturas, de guerreiros, de mágicas e de famílias que lutam pela sobrevivência. Os orcs só conhecem guerra… guerra uns contra os outros, contra bestas e contra a magia negra conhecida apenas como o Fel. Os seres humanos e as raças que estão com eles conhecem uma paz que foi forjada ao longo de séculos após um conflito, e é protegida por um Guardião único, um detentor e praticante de incontável poder mágico.

A princípio, parece que os orcs, enormes, brutais e incomparáveis, sugarão as forças insignificantes da humanidade em uma única e vasta maré. Mas antes que a força total da Horda possa ser desencadeada em cima de Azeroth, um portal deve ser construído e um grande sacrifício humano ao Fel deve ser executado em um ritual escuro. É nesta estreita janela de tempo que a Garona meio-orc escapa de seu cativeiro e ganha a confiança dos seres humanos, em particular o jovem comandante Lothar. Juntamente com o chefe orc Durotan, eles elaboram um plano pelo qual o mal Fel pode ser derrotado, juntamente com os orcs que a adoram, dando a Horda e humanidade uma chance de paz antes do derramamento de sangue seja causado sobre os inocentes que residem em Azeroth.

A guerra final se desenrola e os segredos são revelados, mas eu deixo para os leitores descobrirem por si só, como eu fiz, talvez pela primeira vez. Descobri que Warcraft foi excepcionalmente bem escrito e explicou o mundo de Warcraft suficientemente para um noob completo para entender e apreciar o conflito que pendurou na balança. Fui sugado pela história desde a primeira página até o final, e aproveitei cada momento, o bom, o horrível e o espantoso. No final, eu fiquei querendo mais.

Como resultado da leitura deste excelente livro, vou tentar, farei o possível para assistir a versão cinematográfica do Warcraft.

Curta! Siga! Comente! Compartilhe!

5 Estrelas, Editora Galera Record, Resenhas

Resenha: Dama da Meia-Noite – Os Artifícios Das Trevas – #1, Cassandra Clare

capa-resenha-cassandraclare_nerdbooksblog

Sinopse: 

Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada.

O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar.

Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira.

Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade?

A magia e aventura das Crônicas dos Caçadores de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data.

Título: Dama da Meia-Noite  
Título original: Lady Midnight
Autor: Cassandra Clare
Ano: 2016
Páginas:
574

Editora: Galera Record

Livro cedido através da parceria com a editora

5 SABRES

Skoob | Goodreads | Adquira 

 

Resenha:

Levei muito tempo para começar este romance, em parte porque eu tinha outras prioridades e porque o tamanho do romance me assustou. 574 páginas! Eu li somente alguns outros livros perto desse tamanho ou mais… Stephen King hahahaha. Uma vez que comecei a ler, entretanto, eu estava chutando-me por esperar tanto tempo. Cassandra Clare continua a me surpreender toda vez que ela lança um romance, Dama da Meia-Noite sendo seu 9º romance.

A história realmente chamou minha atenção e me atraiu. A família Blackthorn é convidada a investigar os misteriosos assassinatos que estão acontecendo em Los Angeles. Algumas das vítimas são Fae, o que significa que após a Guerra das Trevas, é ilegal que os caçadores de sombras trabalhem com Faeries. A única coisa que os convence a aceitar o trabalho é a promessa de Mark Blackthorn, o rapaz mais velho, sendo devolvido a eles. As fadas deixam Mark com eles como um incentivo para que eles resolvam a investigação. Eles recebem três semanas. Se eles tiverem resolvido o assassinato no final de três semanas, Mark será capaz de escolher se quer ou não quer voltar para a Caçada Selvagem ou ficar com sua família.

A história de amor entre Emma e Julian estava me matando.

Eu me encontro amando cada personagem que ela escreve. Enquanto eu sentia falta de nossos heróis da TMI (Os Instrumentos Mortais), eu estava feliz por ter um romance focado em Julian e Emma. Eu me apaixonei por eles desde o momento em que eles apareceram pela primeira vez na CoHF (Cidade do Fogo Celestial).

Julian constantemente quebrou meu coração durante todo o romance. Ele é um garoto tão doce que teve que crescer muito rápido após o assassinato de seus pais, o exílio de sua irmã mais velha, e sequestro pela Caçada Selvagem de seu irmão mais velho. Agora, em cima de tudo isso, sua luta com o sentimento proibido para sua parabati. Emma, ,no entanto, me surpreendeu. Ela é forte e apaixonada e teimosa. Ela sabe que ela não é completamente parte da família Blackthorn, mas ela pertence a eles, com Julian. Quando ela começa a sentir algo por sua parabati, ela está certa de que Julian não pode sentir a mesma coisa.

Adorei aprender sobre todas as crianças que Julian está cuidando. Cada um deles traz algo para a história. Adorei especialmente ler sobre o personagem de Mark Blackthorn. Ele não sabe mais quem ele é. Ele não sabe se ele pertence à Caçada Selvagem ou se ele é um caçador de sombras, parte da família Blackthorn. Ele é torturado e perdido. Ele está fazendo seu melhor para descobrir onde ele está.

O final da história praticamente me matou. Entre a pessoa que trai todos, a escolha que Emma faz e as lutas de Mark, eu não passei pelo fim sem muitas mágoas. Eu não posso esperar até maio de 2017 para o Senhor das Sombras (lançamento do 2º livro da trilogia). Aqui no Brasil ainda não tem data definida.

Curta! Siga! Comente!

 

 

Sem categoria

Bruxas ou Saci?!

faking-it

Olá meus nerds!

Por que as melhores coisas estão nos Estados Unidos? :S

HAHAHAHAHAHA

Eu sou daqueles que sairia fantasiado, de cada em casa, falando: DOCES OU TRAVESSURAS!

Mas será que essa é a pergunta certa? Pois, enquanto nos Estados Unidos que no dia 31/10 é Halloween ou Dia das Bruxas, aqui no Brasil é Dia do Saci. Poderíamos sair por aí vestidos de Saci pedindo doces ou cachimbos… Mas, preferimos reclamar. Sabe porque todos conhecem o Halloween? Por que, eles valorizam a sua cultura, coisa que não temos muito o costume de fazer, aqui. 

Mas eu não estou aqui pra resmungar ou falar que devemos valorizar nossa cultura, pois estaria sendo hipócrita, já que tenho certeza que nasci no país errado.

Enfim, desejo à todos um ótimo Halloween e um ótimo Dia do Saci! 😀 

4 Estrelas, Editora Novo Conceito, Resenhas

Resenha: Para Continuar – Felipe Colbert

para continuar

Sinopse: 

Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa de um coração defeituoso.

Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.

A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.

O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.

Título: Para Continuar 
Título original: –
Autor: Felipe Colbert
Ano: 2015
Páginas
: 224
Editora: Novo Conceito

Livro cedido através da parceria com a editora

BOM!
BOM!

Skoob | Goodreads | Submarino

Resenha:

O romance se incia com a apresentação do nosso casal, embora seja exposto pelo ponto de vista de Leonardo ou Léo. Jovem de 20 anos, tímido e aparentemente roqueiro. Léo foi diagnosticado com uma doença que possui o nome desconjuntado, cardiopatia dilatada idiopática, uma insuficiência no músculo cardíaco para bombear sangue de forma natural.

Léo, encontra uma garota oriental no metrô em São Paulo e se sente atraído por sua beleza, mas por ser tímido hesita em chamar sua atenção e acaba por não saber seu nome.

Logo após, somos apresentados à Ayako, jovem oriental que perdeu os pais e mora com o avô. A partir daí, percebemos a magia que o livro possui, pois Ayako é uma “guardiã dos destinos”. Isso mesmo. Ela protege os destinos das pessoas, assim como seus pais. Acredita que o destino está definido e ninguém tem o direito de apagá-lo ou transfigurá-lo.

A história é envolvente e te prende a cada capítulo que se desenvolve, fluentemente. Felipe Colbert, por sua vez, possui outro livro publicado intitulado, Belleville, no entanto esse é o primeiro livro do autor que leio e posso afirmar que os autores brasileiros estão superando as expectativas. 

O livro é um romance leve com fantasia e mistério. Um misto para os apaixonados do gênero. Indico a leitura para finais de tarde, acompanhados por um chá e música lenta. 

⇒ Veja: Belleville

Harry Potter

Filho de Harry Potter terá seu primeiro dia de aula em Hogwarts hoje, avisa J.K. Rowling

faking-it

Olá meus nerd’s!

É para nos matar do coração. Como a J.K. Rowling consegue deixar a gente tão por dentro do mundo de Harry Potter mesmo após oito anos do capítulo final do bruxo ter sido publicado?

A autora acordou nessa manhã e decidiu pedir pra todos desejarem boa sorte para James Sirius Potter. É que, de acordo com a linha do tempo da história original, hoje é o dia em que ele embarca na plataforma 9 e 3/4 para iniciar seu primeiro ano letivo em Hogwarts. Nós vimos essa cena no fim do último filme, lembra?

Eu estou em Edinburgh, então alguém que está na King’s Cross poderia desejar boa sorte para o James S. Potter por mim? Ele começa em Hogwarts hoje, disse a autora.

E, como não poderia deixar de ser, os seguidores que estavam “presentes” atenderam prontamente ao pedido.

Preocupada com o menino, J.K. aconselhou que as pessoas só puxassem assunto caso “não forem interromper nenhuma amizade “florescente” que possa estar surgindo”.

Isso não é sensacional? Sério, tem como não amar esse mundo de fantasia?

Via: Papel Pop

Lançamentos, Séries, Terror

Lançamento: Penny Dreadful – 2º Temporada

E aí, tudo bem?

Em Penny Dreadful, alguns dos personagens mais famosos e assustadores da literatura mundial, como o Dr. Frankestein e sua criação, o eternamente jovem Dorian Gray e icônicas figuras do romance Dracula, estão todos vivendo nos cantos obscuros de Londres Vitoriana. Um thriller psicológico que mescla histórias de terror clássicas e histórias originais em um drama inteiramente novo.

O título da série se refere aos tipos de livros de  ficção britânicos publicados no Século 19. Eram histórias seriadas, publicadas ao longo de semanas, e os personagens que aparecem no programa de TV são de domínio público.

A segunda temporada de Penny Dreadful chega aos televisores de toda a América Latina pela HBO apenas cinco dias depois de estrear nos Estados Unidos, como confirma a emissora em comunicado oficial. A estreia no Brasil e demais países da região acontece na sexta-feira, 8 de maio, às 23h, enquanto no canal americano Showtime a nova temporada começa a ser exibida no dia 3, hoje.

No início da segunda temporada, Vanessa Ives trava uma batalha pessoal contra um demônio maligno decidido a possuí-la, enquanto Sir Malcolm Murray tenta salvar sua filha de um destino pior do que a morte. Ethan Chandler se envolve com um grupo de caçadores de vampiros de Londres e apaixona-se por uma prostituta local, ao mesmo tempo em que é ameaçado pelo próprio passado misterioso. Dr. Victor Frankenstein tem de enfrentar as consequências das suas bem-sucedidas experiências, mas que desafiam a morte. Já Dorian Gray acaba se apaixonando pela inacessível Vanessa Ives e Brona Croft enfrenta sua iminente morte por tuberculose.

Com dez episódios, a segunda temporada de Penny Dreadful conta com as atuações de Timothy Dalton (Sir Malcolm Murray), Eva Green (Vanessa Ives), Harry Treadaway (Dr. Frankenstein), Josh Hartnett (Ethan Chandler), Helen McCrory (Madame Kali), Danny Sapani (Sembene), Reeve Carney (Dorian Gray), Rory Kinnear (a Criatura) e Billie Piper (Brona), entre outros. Os atores convidados desta temporada são Patti LuPone, Douglas Hodge, Sarah Greene e Jonny Beauchamp.

Nova temporada de Penny Dreadful a partir de 8 de maio, às 23h, na HBO.

 

 

assinatura wemerson

4 Estrelas, Adaptações, Resenhas

Resenha: O Aprendiz – As Aventuras do Caça Feitiço – Joseph Delaney

 Sinopse: Thomas Ward é o sétimo filho de um sétimo filho e se tornou aprendiz do Caça-Feitiço. A missão é árdua, o Caça-Feitiço é um homem frio e distante, e muitos aprendizes já fracassaram. De alguma forma, Thomas terá de aprender a exorcizar fantasmas, deter feiticeiras e amansar ogros. Quando, porém, é enganado e cai na armadilha de libertar Mãe Malkin, a feiticeira mais malévola do Condado, tem início o horror… e uma grande aventura!

Título:  O Aprendiz – As Aventuras do Caça Feitiço  
Título original: The Spook’s Apprentice
Autor: Joseph Delaney 
Ano: 2008
Páginas
: 224

Editora: Bertrand Brasil

Resenha:

Em O Aprendiz, acompanhamos a vida de Tomas e seu mestre de feitiços passando por diversas situações perigosas. As Aventuras do Caça-Feitiço, já possui 13 volumes publicados lá fora e aqui no Brasil já são oito. Os livros fizeram um sucesso estrondoso e conquistaram milhares de fãs. O reconhecimento fez com que o mesmo ganhasse uma adaptação para o cinema, estrelado por Ben Barnes (Tomas Ward), Julianne Moore (Mãe Malkin) e Jeff Brides (Mestre Gregory).

Continue lendo “Resenha: O Aprendiz – As Aventuras do Caça Feitiço – Joseph Delaney”